Fazendo Backup do Firefox ou Thunderbird no Windows com MozBackup

Introdução:
Caso seja necessário realizar um backup do navegador Firefox ou do cliente de email Thunderbird (ambos da família Mozilla) no Windows, o MozBackup é a ferramenta indicada.
Na verdade, segundo a página do software (http://mozbackup.jasnapaka.com/), o mesmo é capaz de efetuar e restaurar backup das seguintes aplicações:

  • Firefox (Navegador, versões 1.0 a 3.5)
  • Thunderbird (Cliente de email, versões 1.0 a 3.0 beta 2)
  • Sunbird (Calendário/Agenda, versões 0.3 a 0.9)
  • Flock (Navegador, versões 1.0 a 2.0)
  • Seamonkey (Suíte de aplicativos de Internet, versões 1.0a a 20. Alpha 3)
  • Mozila Suite (Suíte de aplicativos de Internet, versões 1.7 a 1.7x)
  • Spicebird (Plataforma de Colaboração Web, versões 0.4 a 0.8)
  • Songbird (Music Player, versão 1.0)
  • Netscape (Navegador, versões 7.x, 9.x)
Baixando e instalando:

Nenhum mistério aqui: basta ir ao site do desenvolvedor (http://mozbackup.jasnapaka.com/), acessar a página de Download no menu lateral e baixar o programa. Existem duas opções para download: baixar o programa com instalador (install program) ou baixar apenas o programa compactado (ZIP version - no install). Se estiver em dúvida, escolha a versão instalável, clicando em install program. O programa pode ser baixado dos servidores do SourceForge ou diretamente do site do desenvolvedor, JasnaPaka.com.

Enquanto o programa é baixado, aproveite e faça também o download da tradução para português.Basta acessar a página Translations.Lá estão disponíveis as versões para Português do Brasil e também para o Português Lusitano. Este passo é opcional, pois apesar de estar em inglês o programa é bem intuitivo e simples de ser utilizado.

Após a conclusão do download, basta instalar ou descompactar o programa, dependendo da versão que foi baixada.

Para traduzir o aplicativo, substitua o arquivo Default.lng que está no diretório onde o programa foi instalado/descompactado pelo que está no arquivo ZIP que você baixou da página de traduções. Após isso, você já pode executar o programa.

Criando um Backup:
Ao executar o MozBackup, você verá essa tela:


Conforme o programa solicita, feche o programa de que você deseja fazer backup (no nosso exemplo, o Firefox), e clique em Próximo

Agora você deve escolher a operação desejada (Backup ou Restauração de Perfil) e qual o programa a ser backupeado.
Nota: Apeasar de dizer backup do programa, tenha em mente que o é feito apenas o backup dos seus dados. O programa em si deverá ser reinstalado manualmente, se for o caso.


A próxima tela permite que seja escolhido qual o perfil a ser backupeado, e onde o backup será salvo . A grande maioria das pessoas possui apenas um perfil (o default), então selecione o perfil, clique em Altere... para escolher onde o arquivo será salvo e clique em Próximo.


Nota: também é possível realizar o backup de perfis de aplicativos Portable, que geralmente são instalados em pendrives, clicando-se no botão Portable e indicando a localização do diretório do perfil, provavelmente em um pendrive ou disco removível que, obviamente, deve estar conectado ao computador. Essa operação porém não será coberta por esse tutorial.

Após clicar em próximo o programa irá perguntar se você deseja criptografar os arquivos de backup com uma senha. Geralmente é uma boa idéia, contanto que você não coloque uma senha muito simples (que seria fácil de ser "adivinhada") ou uma muito difícil (que você mesmo esqueceria e perderia o acesso aos seus arquivos). caso esteja em dúvida, clique em Não.



A próxima tela permite selecionar quais itens serão inclusos no backup. A menos que você saiba muito bem o que está fazendo, deixe todas as opções marcadas. 



Nota: A opção Downloads Concluídos não salva os arquivos baixados. Ela salva apenas a lista de downloads.

Ainda na tela de componentes a serem incluídos no backup existe o botão Arquivos Desconhecidos. Arquivos Desconhecidos são os arquivos que não fazem parte da instalação original do programa que está sendo backupeado, porém encontram-se na pasta do seu perfil, e são necessários para que algo funcione (provavelmente as suas extensões instaladas). Da mesma forma que na tela anterior, somente desmarque algum desses arquivos se tiver absoluta certeza.


Após selecionar os componentes desejados, clique em Próximo para iniciar o backup propriamente dito. O backup em si pode demorar um pouco, dependendo dos itens selecionados e do tamanho do perfil sendo backupeado (principalmente em se tratando de mensagens de email do Thunderbird ou programas similares). Após o backup é apresentada uma tela similar à que está abaixo, onde é exibido um resumo sobre o backup.


Caso haja necessidade de realizar outro backup (para outro software ou perfil, por exemplo), marque a caixa Novo backup ou restauração. Caso contrário, clique em Sair para encerrar o programa.

Restaurando um Backup:

O processo de restauração de backups é igualmente simples, e os passos são bem semelhantes aos do processo de backup. O programa cujo perfil vai ser restaurado deve estar instalado (no caso de ter sido desinstalado ou o computador formatado, por exemplo) e fechado. Abra o MozBackup, e clique em Próximo na tela de Boas-Vindas que aparece. Na próxima tela, selecione a opção Restaurar um Perfil. Em seguida, selecione o programa a ser restaurado e pressione Próximo.


Selecione o perfil a ser restaurado. Clique em Altere... e selecione o arquivo que contém os dados a serem restaurados.  Após isso clique em Próximo.


Selecione os componentes a serem restaurados. Aqui valem as mesmas observações para os componentes e Arquivos Desconhecidos: não desmarque nenhuma opção a menos que saiba o que está fazendo. Clique em Próximo para continuar.


O MozBackup vai avisá-lo de que você está prestes a sobrescrever os arquivos que estão no computador. é sua última chance de desistir e checar se está tudo certo. Se tiver certeza, clique em sim para iniciar o processo de restauração do perfil.


O processo de restauração tem início. Da mesma forma que o backup, pode ser um pouco demorado, dependendo da quantidade de dados a serem restaurados. Ao final do processo é exibida uma tela com o resumo dos dados restaurados.



E está pronto !!! Simples não?
Um abraço e até a próxima. Dúvidas? Reclamações? Comente!

Um comentário:

Anônimo disse...

Interessante!